01/03/15 Dom 23h42
Greve continua
Profissionais da Educação mantêm paralisação
O Governo do Estado obteve uma liminar, na noite de sábado (28), determinando que os professores do 3º ano retornasse às salas de aula em 48 horas. A liminar também determina que 30% dos servidores da área administrativa dos estabelecimentos estaduais, retorne ao trabalho na segunda-feira (2). A liminar foi concedida pelo juiz de plantão Victor Martim Batschke do TJ-PR - Tribunal de Justiça do Paraná.

A APP Sindicato informou ontem (28) que não havia sido comunicada oficialmente sobre a liminar da Justiça e aguarda a notificação para se manifestar. A entidade adiantou que deve recorrer de decisão e informou que a greve continua no Paraná pelo menos até quarta-feira (4) quando a categoria discutirá o assunto em assembleia geral.

  Greve em Mamborê

Há 18 vagas para os professores e servidores da Educação do Estado se deslocarem ao local da assembleia geral, na quarta-feira (4), que deverá ser a capital do Estado.

De acordo com Zélia Veiga de Souza Rodrigues, uma das servidoras do Estado que trabalha na Escola Rui Barbosa, informou que a luta principal dos profissionais da Educação não está sendo pela obtenção de algo novo. "São só direitos adquiridos que o Governo do Estado quer tirar de nós", afirmou Zélia, citando que a luta está sendo para que seja mantido o máximo de 35 alunos por sala; mantidos os funcionários nas escolas; as direções auxiliares; os R$ 8 bilhões no Paraná Previdência; entre outros.