Anúncios Google
09/07/18 Segunda-feira
Título  
Wilson Marcos Ciconello é cidadão honorário de Mamborê

O advogado e ex-vereador Wilson Marcos Ciconello recebeu, na noite de ontem (6), o título de Cidadão Honorário de Mamborê, proposto pela Câmara Municipal e aprovado por unanimidade, na sessão de 21 de maio de 2018 (matéria no TR Notícias). A sessão solene foi no Centro Cultural Prof. Emília Martins Cruz e contou com a presença, além do homenageado e esposa Rosana Kloster Ciconello, do prefeito Ricardo Radomski (PSD); presidente da Câmara Jairo Silveira de Arruda (PDT); vereadores, exceto Fábio da Silva Ferreira (PV), por motivos particulares; Rui Antonio Cruz, juiz de Direito da comarca de Campo Mourão; José Aroldo Gallassini, presidente da Coamo Agroindustrial Cooperativa e cidadão honorário de Mamborê; Renato Fernandes Silva Junior, presidente da OAB de Campo Mourão; subtenente Mario da Silva; demais autoridades, familiares e amigos, incluindo pessoas de Farol e Rancho Alegre d’Oeste, onde o homenageado também atuou. Após a cerimônia, houve um jantar na Casa da Amizade.

O título de Cidadão Honorário a Wilson Marcos Ciconello foi proposto pelos vereadores Juvelino da Costa Guerra (PSD) e Maurício Jotta Massano (MDB), através do Projeto de Resolução nº 5/2018, votado em maio deste ano. A indicação da horaria, aos dois vereadores, foi feita por Maercio Leandro Reinert, amigo de Wilson Marcos Ciconello.

  O prefeito Ricardo Radomski parabenizou o homenageado por lembrar, durante o seu pronunciamento, “da comunidade, dos pioneiros, do grande trabalho realizado”. O prefeito também disse que a homenagem, através do título, é muito merecida.

“Poderia falar do Dr. Wilson mamboreense, pois veio com 9 meses para cá; poderia falar do Dr. Wilson advogado, professor, agricultor; mas vou me ater ao Dr. Wilson vereador”, disse Jairo Arruda, presidente da Câmara, falando em nome de todos os vereadores. “Um ato que marcou, que foi importante, foi a criação da Assembleia Constituinte, na época, onde ele e os demais vereadores estudaram, se organizaram, ouviram a comunidade para criar a Lei Orgânica”, prosseguiu o vereador. Ele também justificou a ausência o vice-prefeito, Sebastião Martinez, e do vereador Fábio da Silva Ferreira.

“[...] Sério, muito correto, competente e responsável [...] o melhor ‘vô’ do mundo”, disse o neto do homenageado, Pietro.

Durante seu pronunciamento, Wilson Marcos Ciconello citou várias pessoas que fizeram parte de sua trajetória, mais diretamente, ao longo de sua vida, principalmente da atuação política. Fez uma retrospectiva, citando várias passagens históricas do município de Mamborê. Ele disse que três coisas muito importantes aconteceram em sua vida no dia 6 de julho: em 1948, foi o seu nascimento; no dia 6 de julho de 1988, nasceu sua filha Nahyani; e, em 2018, a entrega do título de Cidadão Honorário de Mamborê. “Com certeza, o que aconteceu hoje, passará, inúmeras vezes, pela minha cabeça, com um filme”, concluiu o homenageado, agradecendo a todos.

Álbum com outras fotos


Vídeo da sessão solene
 
 
Vereador pastor Everson Clei Tiburcio - Oração ecumênica   Sandro Pezzini - Hino Nacional Brasileiro
 
 
 
Ricardo Radomski, prefeito de Mamborê   Maércio Leandro Reinert, amigo do homenageado
 
Jairo Arruda, presidente da Câmara   Pietro, neto do homenageado
 
Jaqueline Massano entrega flores a Rosana Kloster Ciconello   Wilson Marcos Ciconello, cidadão honorário de Mamborê
 
 
Família do homenageado   Túnel do tempo na entrada da Casa da Amizade
 
 
 
    Ubiraci P. Messias conduzindo o momento do "parabéns" a Wilson M. Ciconello e à filha Nayara, pelo aniversário naquela data: 6 de julho