16/09/2017  
  Paroquiano participa de Simpósio Mariológico Ecumênico
 
 
  No contexto da celebração dos 300 anos do encontro da imagem de Nossa Senhora Aparecida, no Rio Paraíba do Sul, e dos 500 anos da Reforma Protestante, a Comissão para o Ecumenismo e o Diálogo Inter-Religioso da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e a Comissão de Diálogo Bilateral Católico-Luterano, em parceria com o Núcleo Ecumênico e Inter-Religioso da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR), realizou entre os dias 1º e 3 de setembro, no Instituto Nossa Senhora  da Salette, em Curitiba, o Simpósio Mariológico Ecumênico. O mamboreense Renan Augusto participou do evento e também apresentou um projeto missionário, com um fundador de comunidade religiosa.

Destinado a todos os envolvidos na causa ecumênica, a formação possibilitou o conhecimento e o aprofundamento no comentário de Martín Lutero sobre a obra Magnificat, na ótica católica e luterana. De acordo com o assessor da Comissão para o Ecumenismo da CNBB, padre Marcus Barbosa, o momento é também uma oportunidade para se fazer um resgate, a partir dos documentos ecumênicos, da figura de Maria na história da salvação, a fim de superar preconceitos recíprocos entre as Igrejas cristãs.

Entre os conferencistas do evento, estava presente o Pe. Dr. Hubertus Blaumeiser, teólogo alemão, professor em Roma, especialista na Teologia de Lutero; Pe. Érico Hammes, Doutor em Teologia pela Pontifícia Universidade Gregoriana, Roma, Itália, professor na Pontifícia Universidade Católica - PUC RS; Pastor Luterano Leandro Hofstätter, de Joinville, SC.

Também fizeram-se presentes  dom Francisco Biasin, Presidente da Comissão Episcopal para o Ecumenismo da CNBB;  dom Zanoni Demettino Castro, arcebispo de Feira de Santana, BA;  dom Manoel João Francisco, bispo da Diocese de Cornélio Procópio, PR; Padre Marcus Barbosa Guimarães, Comissão Episcopal Pastoral para o Ecumenismo e Diálogo Inter-religioso da CNBB; Padre Dr. Marcial Maçaneiro, SCJ; membro da comissão Internacional de Diálogo Católico-Pentecostal (Vaticano) e representante da Comissão Episcopal e Pastoral para o diálogo ecumênico e inter-religioso da CNBB; Padre Elias Woff, do núcleo ecumênico e inter-religioso da PUC PR, Pastor Luterano Inácio Lenke, de Joinville, SC.

Durante o simpósio, no último dia (3), foi apresentada a Missão "Somos Um" por Izaias Carneiro,  fundador da Comunidade Coração Novo do Rio de Janeiro, e  Renan Augusto,  bacharelando em Teologia pelo Centro Universitário Internacional (Uninter) e membro da Renovação Carismática Católica (RCC).  

  Renan, na missão, se ocupa da difusão dos trabalhos por meio das redes sociais. Durante a apresentação, relatou que as redes sociais têm contribuído para a Evangelização e também podem contribuir para o surgimento de novos espaços que podem gerar comunhão, visando o testemunho do Amor de Deus a partir do ecumenismo Espiritual.

A Missão "Somos Um" está sob a coordenação de Izaias Carneiro, tem como finalidade reunir cristãos de diferentes denominações por meio do louvor e da adoração, promovendo a cultura do encontro de forma dinâmica e relacional. Um dos eventos da missão aconteceu entre 3 a 6 de agosto na Cidade das Artes, Barra da Tijuca, RJ; que foi a I Conferência Internacional Ecumênica de Louvor e Adoração “Somos Um”.  A missão tem o apoio do arcebispo do Rio de Janeiro, Cardeal Orani João Tempesta, O. Cist.; e da Comissão Arquidiocesana para o diálogo ecumênico e inter-religioso, que tem como responsável o bispo auxiliar dom Roque Costa Souza.

 


Renan Augusto e o banner do evento

 

Dom Francisco Biasin e Renan Augusto
 
Pe. Dr. Marcial Maçaneiro e Pe. Dr. Hubertus Blaumeiser, teólogo alemão

Pe. Marcus Barbosa Guimarães, Comissão Episcopal Pastoral para o Ecumenismo e Diálogo Inter-religioso da CNBB
 
Renan e Izaias apresentando o projeto