11/04/2019
 
Bênção de alimentos na tarde do Sábado Santo

Haverá bênção dos alimentos no sábado (20), às 15h, na igreja matriz de Mamborê. A tradição é antiga, porém, na paróquia Imaculada Conceição, acontece há poucos anos. Na capela Santa Ana (comunidade ucraniana) o costume é mantido há bastante tempo.

Abaixo, mais informações sobre a tradição, com colaboração da professora Roni Amelia Ianik Tiburcio.

   

Bênção dos Alimentos

   
A tradição da bênção dos alimentos é bastante antiga e conservada hoje por descendentes de poloneses, ucranianos e judeus.

Os alimentos abençoados serão consumidos na primeira refeição do Domingo de Páscoa, pela família reunida.

Aqui, uma pequena lista dos alimentos que podem ser variados, de acordo com a região, ou até mesmo de família para família:

- Pão: simboliza o próprio Jesus Cristo, o Pão da vida (Jo 1,29);

- Pão doce (bolo): lembra a doçura de Maria, mãe de Jesus e nossa Intercessora;

- Raiz Forte (Krzan – Polonês, Kren – Ucraniano): normalmente misturado com a beterraba significa o fel/vinagre, dado a Jesus cristo na Cruz, o seu sofrimento;

  - Pernil de Porco/Salame: defumados representam os animais que era oferecidos em sacrifício no A T, assim como Jesus Cristo tornou-se para nós o “Cordeiro de Deus que tira o Pecado do Mundo”;

- Manteiga/Queijo: sinal de prosperidade e paz;

- Sal: significa que nós enquanto cristãos, devemos ser “Sal da terra e luz do mundo”;

- Ovos Cozidos (que podem ter suas cascas coloridas): representam a vida nova.

A essência da Páscoa é a Festa da Ressurreição. A bênção das cestas simboliza a alegria pela bondade de Deus que nos dá o alimento.